Vacinação Antirrábica ultrapassa metas em Cordeiro

Vacinação Antirrábica ultrapassa metas em Cordeiro

Município vacina acima de 100% do previsto pelo Ministério da Saúde

ASSESSORIA DE IMPRENSA – PREFEITURA DE CORDEIRO

Dedicado à manutenção da saúde dos animais de estimação, foi realizado em Cordeiro, no sábado, 7, o Dia ‘D’ da Campanha de Vacinação Antirrábica, cujas doses foram aplicadas nos cães e gatos da cidade em três postos diferentes: no Parque de Exposições Raul Veiga, no centro; na sede da Secretaria de Saúde, no Rodolfo Gonçalves; e na Zona Rural, nas localidades de Bonsucesso e Pena.

Demonstrando-se conscientes após intensivas campanhas previamente realizadas pelos profissionais de saúde e divulgadas nos órgãos de imprensa da cidade, os proprietários de animais atenderam ao chamado para a vacinação, comparecendo em massa para garantir a aplicação da dose em seus ‘melhores amigos’. Essa atitude comprova que é grande a preocupação quanto à necessidade de prevenir a incidência de raiva, que pode ser transmitida para qualquer animal e repassada aos humanos.

Profissionais da Secretaria de Saúde foram designados para atuar na campanha e os resultados superaram as expectativas. Além de elogiados pela paciência e dedicação demonstradas com os ‘bichinhos’, os números confirmam que o percentual preconizado pelo Ministério da Saúde foi ultrapassado em muito em Cordeiro. Ao todo, foram vacinados em maio e outubro 3.128 animais, o que corresponde a uma cobertura de 117,79%, segundo confirmações de Alexssandra Pietrani e Rossana Espíndola, coordenadoras de Vigilância Ambiental e Vigilância em Saúde, respectivamente.

É importante reafirmar que a raiva é uma doença transmitida por vírus altamente letal e a transmissão se dá normalmente pela mordida ou arranhões de animais infectados. Mas há ainda a possibilidade de se contrair a doença pelo contato da saliva do animal raivoso diretamente nos olhos, mucosas ou feridas. Ela ataca o sistema nervoso do animal e pode provocar mudanças bruscas de comportamento, como euforia, depressão, ansiedade, paralisia, demência e alucinações. Alguns sintomas podem inicialmente confundidos com uma simples gripe. Por isso a necessidade da vacinação.

Aqueles que, por algum motivo, não puderam levar seus animais para receber a vacina durante as duas campanhas, podem fazê-lo conduzindo-os ao setor de Vigilância Sanitária, na própria Secretaria de Saúde, para que recebam a dose. O que importa é os donos ficarem atentos e que nenhum animal fique sem a vacina. “Quero parabenizar nossa equipe por esse trabalho tão importante e que mostra o compromisso de todos na saúde dos animais”, colocou Vânia Huguenin.

TEXTO - RICARDO VIEIRA / FOTOS - CÍCERO MARRA

 

http://www.cordeiro.rj.gov.br/arquivos/2017-10-11/foto_01.jpghttp://www.cordeiro.rj.gov.br/arquivos/2017-10-11/foto_02.jpghttp://www.cordeiro.rj.gov.br/arquivos/2017-10-11/foto_03.jpghttp://www.cordeiro.rj.gov.br/arquivos/2017-10-11/foto_04.jpghttp://www.cordeiro.rj.gov.br/arquivos/2017-10-11/foto_05.jpg

Veja também

Artesã cordeirense representa o município na capital

Fabiana Gonçalves expõe suas peças no AquaRio

Prefeito de Cordeiro retorna à capital federal

Luciano Batatinha segue em busca de recursos para o município

Aumenta a expectativa para cessão de colégio de Cordeiro ao IFF

Educandário passa por vistoria e deve abrigar Campus do Instituto

Desenvolvimento - ITCast Tecnologia