Menu
Menu
  • Home
  • Geral
  • Barreiras Sanitárias já foram implantadas nas entradas de Cordeiro

Barreiras Sanitárias já foram implantadas nas entradas de Cordeiro

Barreiras Sanitárias já foram implantadas nas entradas de Cordeiro
Medida preventiva ao Corona Vírus foi instituída através de decreto
IMPRENSA CORDEIRO/CIDADE EXPOSIÇÃO
Seguem intensas as ações da Prefeitura de Cordeiro visando conter possíveis avanços do Corona Vírus. Até agora existem apenas casos suspeitos e nenhum teve exame positivo. Além de intensificar a rigorosa fiscalização diária nos segmentos comerciais e industriais, com seis equipes atuando, agora outra novidade promete aumentar ainda mais a prevenção na Cidade Exposição.
Assinado pelo prefeito Luciano Batatinha na segunda, 20, o Decreto Municipal 044/2020 determinou a implantação de Barreiras Sanitárias nas entradas do município, já funcionando em dois locais. Um na RJ-116, no Segundo Trevo, no acesso pela Avenida José Carlos Boaretto (Antiga Avenida Macuco) e o outro na RJ-160, na divisa entre Cordeiro e Cantagalo, nas Lavrinhas, perto da Rua Cícero Amarante Curty.
Em entrevista à Rádio 94 FM, o prefeito Luciano Batatinha e a secretária de Saúde Vânia Huguenin explicaram o processo, cujo planejamento foi estudado com cautela e muitos critérios técnicos, visando fortalecer o distanciamento social seletivo, considerado fundamental para que a Vigilância Sanitária possa monitorar a possível entrada do vírus cadastrando todas as pessoas que entram no município.
Os integrantes dos veículos que passam pelas duas barreiras são submetidos à aferição de temperatura, recebem orientações sobre como proceder diante de sintomas gripais ou similares à doença e os veículos têm suas rodas e pneus desinfetados com uma solução específica. “Todos os passageiros devem utilizar máscaras de proteção e serão monitorados e encaminhados ao isolamento social caso sejam oriundos de cidades com casos positivos da doença”, disse Vânia Huguenin.
Para a segurança dos cordeirenses, quem apresentar febre acima de 37,8º, motorista ou passageiro, inclusive dos ônibus, serão encaminhados à Unidade de Saúde ou ao Hospital de Cordeiro. Há também um formulário individual obrigatório, cuja validade é de dez dias. Após esse período, o documento deverá ser refeito seguindo as exigências da Vigilância em Saúde. As Barreiras Sanitárias terão prazo indeterminado, de segunda a sexta das 6h às 22h, e sábados, domingos e feriados das 7h às 19h.
“Sabemos dos transtornos, mas é melhor perder tempo na fiscalização do que num leito de hospital. O objetivo é salvar vidas. Agradeço aos profissionais de saúde da linha de frente e a todos que estão atuando nesse combate”, declarou o prefeito.
TEXTO – RICARDO VIEIRA / FOTOS – CÍCERO MARRA

Seu cadastro foi enviado