Menu
Menu
  • Home
  • Geral
  • Café com Letras reúne ícones da literatura cordeirense

Café com Letras reúne ícones da literatura cordeirense

Café com Letras reúne ícones da literatura cordeirense
Secretaria de Cultura quer popularizar hábito da leitura
IMPRENSA CORDEIRO – CIDADE EXPOSIÇÃO
Uma noite agradável, num ambiente aconchegante, acolhedor e inteiramente dedicado aos debates sobre a literatura. Assim aconteceu, na sexta-feira, 14, no Centro Cultural Ione Pecly, o Projeto Café com Letras, capitaneado pela Secretaria de Cultura e cuja missão é popularizar o hábito da leitura e valorizar os escritores cordeirenses.
Recepcionados pelo anfitrião – o secretário de Cultura Luiz Antônio Zica Medeiros – os convidados foram recebidos com um delicioso café, oferta de uma indústria regional de beneficiamento e comercialização desse grão tão apreciado. Daí em diante, as atrações tiveram como foco a literatura, sendo que o grande ícone da noite foi o escritor, dramaturgo e poeta português Fernando Pessoa.
Inspirado pela obra de Pessoa, o grande ator de teatro Cássio Campos se encarregou de emocionar a plateia. Ao encenar um monólogo com uma performance ímpar, ele subdividiu sua interpretação em diversos momentos da peça, onde contrastavam sutileza e suavidade com força e contundência. Uma verdadeira aula de atuação que recebeu o reconhecimento do público presente, que o aplaudiu de pé ao fim da encenação.
Para reforçar ainda mais a visibilidade do evento e ratificar a importância do Projeto Café com Letras, três ex-secretários de Educação prestigiaram o evento: Albina Amaral Salgado, Joselito Cumial das Chagas e Luiz Antônio Cavalheiro. Diversos escritores locais, artistas de outros segmentos, estudantes convidados e a vereadora Fabíola Bianchini marcaram presença, participando das conversas sobre o tema.
Ao fazer uso da palavra, representando seus pares, a escritora Fabiana Correa foi muito feliz ao se referir ao espaço como o ponto de partida para garantir uma maior disseminação da literatura cordeirense e popularização de seus escritores, que segundo ela possuem obras excelentes e merecem ser apreciados e difundidos. “Pouco importa a preferência, porque isso é muito pessoal. O que vale é saber que a leitura é um hábito que precisa ser defendido e repassado às pessoas”, defendeu Fabiana.
Um mural exposto durante o evento exaltou nomes de escritores de Cordeiro, entre eles Vilma Vieitas, Madalena Tavares, Élcio Schueler, Nilcea Cardoso, Leni Siqueira, Rosimeri Stael, Gilson Guimarães, Enia Mara Carvalho, Roberto Montechiari, Beto Alves, Gisane Lima, Dalva Montechiari e Fabiana Correa. “A Cultura cordeirense estará sempre aberta aos nossos escritores e convido todos a se juntarem a nós nesse projeto de grande dimensão”, discursou Zica Medeiros.
TEXTO / FOTOS – RICARDO VIEIRA

Seu cadastro foi enviado