Menu
Menu
  • Home
  • Geral
  • Chegou a hora da Exposição Agropecuária de Cordeiro

Chegou a hora da Exposição Agropecuária de Cordeiro

Chegou a hora da Exposição Agropecuária de Cordeiro
Feira Rural terá cinco dias de programação com entrada franca
IMPRENSA CORDEIRO/CIDADE EXPOSIÇÃO
Começa hoje, quarta-feira, dia 17 de julho, a Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Cordeiro. Considerada a maior Feira Rural do interior fluminense, sendo também apontada como a segunda mais antiga do país, a 77ª edição da Expo-Cordeiro terá cinco dias de intensa programação, valorizando principalmente o agronegócio, mas também apresentando atrações culturais, musicais e o que é melhor: com entrada inteiramente gratuita.
Na última segunda-feira, 15, em entrevista concedida à Rádio 94 FM, no Programa Espaço Aberto, o secretário de Turismo Fabrício Barros – acompanhado dos embaixadores do evento, Lívia Pires, João Pedro Biott e Léu Umille – falou sobre a expectativa da festa, cuja grade de shows é uma das melhores dos últimos anos. Segundo Fabrício, a Expo-Cordeiro é mais que um evento de entretenimento, pois fortalece significativamente a economia local em seus mais diversos setores.
Sobre a parte técnica, que se refere à participação de animais, o evento irá receber bovinos e equinos de variadas raças. Os julgamentos contarão pontos para os rankings das associações de criadores, o que significa dizer que um animal premiado em Cordeiro sai ainda mais valorizado e se qualifica para as exposições especializadas dos seus respectivos segmentos em nível nacional. “Será surpreendente a qualidade técnica esse ano, posso garantir”, disse Barros.
Os embaixadores da Expo-2019 – que foram fundamentais na divulgação da programação, imprimindo um novo formato de propagação das atrações a serem apresentadas durante a feira e ganhando bastante popularidade, atingindo inclusive a marca de mais de 280 mil acessos sobre o tema nas redes sociais – falaram sobre os shows no palco principal e sobre as participações dos artistas regionais no camarote.
TEXTO – RICARDO VIEIRA / FOTOS – CÍCERO MARRA

Seu cadastro foi enviado